Viracopos vai funcionar com terminal provisório durante a Copa

 

Um balanço divulgado na quarta-feira (14) revelou: as obras para a Copa do Mundo estão atrasadas. O governo admitiu que licitações de obras de mobilidade que não estiverem prontas até o fim do ano podem ter o prazo dilatado.

Não houve nenhuma mudança no calendário. A Copa, já se sabia há muito tempo, vai ser em 2014. Não foi antecipada. Agora, por causa dos atrasos, o governo admite mesmo afrouxar os prazos.

Após anunciar que obras não licitadas até dezembro deste ano sairiam do planejamento oficial e perderiam incentivos do governo, o Ministério do Esporte diz agora que os atrasos poderão ser aceitos, desde que as obras sejam entregues até dezembro de 2013.

O governo fez um balanço e diz os 12 estádios de futebol que vão sediar os jogos da Copa do Mundo já estão em obras. A previsão é que todos fiquem prontos até o fim de 2013.

“Isso é uma conquista para nós, porque o estádio é o assunto mais relevante no sentido da Copa, porque é o lugar do jogo”, afirmou o ministro do Esporte, Orlando Silva.

Mas e o transporte até os estádios? As obras para facilitar o acesso dos torcedores estão atrasadas. Das 49, só nove começaram. Essas obras são metade de todo o investimento para a Copa.

Em Brasília são dois projetos: a ampliação de uma avenida que ainda nem foi licitada e um trem elétrico para ligar o aeroporto à cidade. A obra está parada. Para o governo, o atraso dessas obras não compromete a Copa.

“Essas obras não são absolutamente essenciais para a realização do evento em si, mas são muito importantes para o legado do evento para nossas cidades”, declarou a ministra do Planejamento, Miriam Belchior.

O Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea) discorda. “Do ponto de vista para a realização da Copa, vamos realizar a Copa, sem dúvida alguma. Este é um grande problema já hoje. Para a Copa será maior ainda”, advertiu o presidente do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea), Marcos Tulio de Melo.

Há atraso nas reformas dos aeroportos também. Oito aeroportos estão em obras e cinco ainda não começaram. Alguns deles, quando ficarem prontos, vão funcionar com terminais provisórios, como o do Aeroporto de Viracopos, em Campinas.

“Não será este um problema para a Copa do Mundo. Pelo contrário, os aeroportos serão uma solução”, afirmou o secretário de Aviação Civil, Wagner Bittencourt.

A Advocacia-Geral da União derrubou a liminar da justiça federal que determinava a paralisação das obras de construção de um terminal do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. A inauguração do terminal está prevista para dezembro.

Por: EPTV.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s