Lance mínimo dos aeroportos será de R$ 3,2 bilhões

Aeroporto de Brasília

O governo federal entregou ao Tribunal de Contas da União (TCU) os editais finais de concessão dos três primeiros aeroportos que passarão à iniciativa privada: Guarulhos (SP), Viracopos (SP) e Brasília (DF). A outorga dos terminais (lance mínimo para levar a gestão) será de R$ 3,2 bilhões para os três, com obrigação de investimentos mínimos de R$ 17,8 bilhões ao longo da concessão, que vai variar de 20 a 25 anos.

Segundo a apresentação feita aos ministros do TCU, o terminal de Viracopos, em Campinas-SP, demandará dos investidores o maior aporte de recursos: o piso mínimo de investimentos será de R$ 9,9 bilhões durante os 30 anos de concessão. A outorga do aeroporto foi fixada em R$ 521 milhões.

Já para levar o maior terminal do país, o aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos-SP, o interessado terá de desembolsar ao menos R$ 2,6 bilhões no leilão. Os investimentos mínimos foram fixados em R$ 5,2 bilhões ao longo do tempo de concessão, de 20 anos.

O Aeroporto de Brasília, um dos maiores centros de distribuição de voos do país, terá como lance mínimo R$ 75 milhões. O vencedor da licitação terá que investir pelo menos R$ 2,7 bilhões no terminal nos 25 anos de concessão.

Os futuros gestores dos três primeiros terminais a serem concedidos terão de pagar à União uma tarifa adicional calculada sobre a Receita Bruta Anual dos aeroportos. Ela será de 10% em Guarulhos, de 5% em Viracopos e de 2% em Brasília.

Fonte: www.mercadoeeventos.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s