Ministério de Defesa do Reino Unido confirma venda de 72 aeronaves Harrier para os Fuzileiros Navais dos EUA

AV-8B Harrier

O Ministério da Defesa britânico (MoD UK) confirmou que 72 dos 74 Harriers recém retirados de operação da Royal Air Force e da Royal Navy foram vendidos para o U.S. Marines Corps, o Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA. O negócio está avaliado em US$ 180 milhões (cerca de £ 110 milhões), e segundo o Ministério da Defesa, apenas duas das 74 aeronaves serão retidos para “ser oferecidas a museus, a fim de preservar o patrimônio militar da Royal Navy”, acrescenta o MoD.

Detalhes da proposta de venda foram originalmente confirmadas por uma reportagem na edição online da Marinha dos EUA, o Navy Times, em 13 de novembro. A reportagem afirmou que o contra-almirante Mark Heinrich F, Comandante de Suprimento do Comando de Sistemas Navais e Chefe de Suprimento do Corpo de Fuzileiros Navais, havia revelado que as negociações estavam em andamento quando fez seu pronunciamente no Forum de Defesa Global do Bank of America e Merrill Lynch, em Nova York, no dia 10 de novembro. Heinrich disse que a venda seria um acordo entre duas partes com o Ministério da Defesa do Reino Unido e a Agência de Eliminação de Ativos. Ele está pessoalmente negociando um planejado contrato de US$ 50 milhões para todo o inventário de peças de reposição de jatos Harrier, enquanto o contra-almirante Donald Gaddis, Diretor do Programa de Aeronaves Táticas, está encarregado de concluir as discussões sobre a compra das aeronaves e motores, agora confirmado e avaliado em US$ 180 milhões.

Após sua aposentadoria em dezembro de 2010, as aeronaves permaneceram estocadas na Base da RAF de Cottesmore, em Rutland. Elas foram submetidos a manutenção mínima da frota para mantê-las numa condição de venda. Heinrich observou que eles vão oferecer ao USMC uma maneira relativamente econômica de adquirir peças de reposição para manter sua própria frota de jatos AV-8B em pleno funcionamento até a eliminação progressiva prevista para ocorrer até 2025. Prevê-se que alguns dos Harriers serão mantidos em vôo e utilizados para substituir os antigos caças F/A-18D Hornets do USMC, que provavelmente os atrasos do programa F-35B Lightning II para os fuzileiros navais também levou o interesse nas aeronaves britânicas.

Todos os Harriers em Cottesmore devem obrigatoriamente ser movidos de lugar antes da base ser entrega formalmente para o Exército britânico no dia 1ª de abril de 2012, e espera-se que eles sejam transportados por via rodoviária até o porto de Southampton onde serão carregados em navios porta-containers para o translado até os EUA. Estão sendo projetadas caixas especiais para minimizar a desmontagem das aeronaves, sendo necessário somente a retiradas das asas.

O USMC opera atualmente 131 jatos AV-8B(R)+ Harriers e 17 na versão biplace TAV-8B na função de treinamento, que foram entregues a partir de setembro de 1985. Todos os TAV-8BS foram submetidos ao Programa de Atualização do Treinador AV-8 (T-UP), que incluiu nova fiação, nova bateria de reserva, capacidades de visão noturna melhorada, melhores aviônicos e substituição do motor F406 pelo F408 com mais potência. Espera-se que os jatos T12 Harrier da RAF sejam de particular interesse para o USMC pois poderiam reforçar a pequena frota de treinadores Harrier do USMC.

O Ministro de Aquisição de Defesa adicionou que a aposentadoria dos caças Harrier da RAF geram uma economia de cerca de 1 bilhão de libras por ano ao Ministério de Defesa. Isso permitirá o investimento numa frota mais moderna e capaz de jatos, incluindo um caça de ataque estado da arte, o F-35, e gerando empregos para os britânicos.

Fonte: http://cavok.com.br/blog/?p=42867#more-42867

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s