Primeiro Ministro da França afirma que a Dassault não vai parar produção do Rafale

Dassault Rafale (Foto: Airliners.net)

A Dassault Aviation vai continuar a produção de seus aviões de combate Rafale e manter a sua “capacidade” industrial, disse hoje o primeiro-ministro francês François Fillon.

“As capacidades extraordinárias do Rafale tem sido demonstradas na guerra na Líbia”, disse Fillon num discurso na base aérea de Saint-Dizier, no leste da França. “A França não vai renunciar em nenhuma circunstância” a engenharia industrial e as competências desenvolvidas pela Dassault, disse ele, segundo informa uma cópia do discurso enviado por e-mail do seu gabinete.

Ele acrescentou que a França ainda está buscando vender os jatos para a Índia, Emirados Árabes Unidos e Brasil.

Os comentários de Fillon seguem após as observações do Ministro da Defesa, Gerard Longuet, no jornal Le Monde do dia 07 de dezembro, quando disse que a menos que o jato encontra um comprador no exterior, o governo vai parar de financiar sua produção, efetivamente matando o programa.

Durante a última década, a Dassault tem consistentemente perdido as competições em países como Cingapura, Coréia do Sul, Marrocos, e na semana passada, na Suíça. Embora tenha estado produzindo um avião por mês para os militares franceses, sem encomendas de exportação para ajudar a pagar o custo de produção, sua carga de financiamento recai inteiramente sobre a França.

Fonte: Bloomberg – Tradução: Cavok

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s