Agência europeia amplia investigação para toda frota A380

 

Airbus A380

Autoridades de segurança aérea na Europa estenderam para toda frota de superjumbos A380, da Airbus, a investigação para encontrar possíveis rachaduras na fuselagem.

A decisão para ampliar a checagem às 68 unidades do modelo em serviço foi tomada a partir dos resultados da primeira rodada de apuração, que encontrou rachaduras em quase todos aviões inspecionados, segundo a Agência Europeia de Aviação.

“Essa condição, se detectada e não corrigida, pode levar a uma redução da integridade estrutural da aeronave”, afirmou o porta-voz da agência, Dominique Fouda.

A nova orientação forçará as sete companhias que operam com o modelo a retirar todas unidades de circulação. A primeira rodada de inspeções, que afetou um terço da frota, abrangia apenas as unidades com mais de 1.300 voos.

A Airbus admitiu, em janeiro, que uma combinação de falhas de fabricação e de projeto foi responsável por uma série de rachaduras no modelo.

A empresa garantiu que trabalha em uma solução em dois estágios para o problema, mas reforçou que o modelo permanece seguro para voar.

“O A380 é seguro para voar”, disse na época Tom William, vice-presidente-executivo de programas da Airbus.

Desenvolvido a um custo estimado de 12 bilhões de euros, o A380 tem 73 metros de comprimento, 24 metros de altura e é vendido a cerca de US$ 390 milhões. A Airbus já vendeu 253 unidades do modelo.

Os casos de rachaduras foram encontrados pela primeira vez há pouco mais de um ano. Na época, um voo da australiana Qantas que ia de Londres a Sidney foi interrompido por uma avaria em um dos motores.

Fonte: Folha.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s