Puxadinho de GRU às moscas

 

Construído de maneira emergencial para evitar “o caos aéreo”, o terminal 4 do aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos (Grande SP), está ocioso -pouco mais de um mês após ser inaugurado.

Em operação desde 8 de fevereiro, o terminal foi feito para 15 mil passageiros por dia, mas recebe menos da metade disso, cerca de 7.000, todos da Webjet, única companhia a usá-lo atualmente. Enquanto isso, os outros dois terminais de Cumbica operam cheios, acima da capacidade nos horários de pico.

Em 2011, o aeroporto recebeu 15% mais passageiros do que pode abrigar. A mais cotada para ir para lá é a Gol, mas ainda não há nenhuma definição concreta. Na avaliação da Infraero (estatal que administra os aeroportos), a definição ocorrerá em breve e a ociosidade atual é temporária.

A Folha visitou o local três vezes nas últimas três semanas. Encontrou o lugar limpo e com aparência de novo, mas com os bancos do saguão quase vazios e um café com poucos clientes.

Fonte: www.jetsite.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s