Iata critica modelo de concessão de aeroportos brasileiros

 

Em entrevista para anunciar projeções para a aviação neste ano, o CEO da Iata, Tony Tyler, fez duras críticas ao sistema de concessão de aeroportos do Brasil. Ele denominou como “claro conflito de interesses” os termos das concessões dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília, alertando ainda sobre o risco de taxação para as companhias aéreas.

Segundo Tyler, as taxas cobradas atualmente das companhias aéreas já são muito caras, mesmo quando comparadas às taxas de “aeroportos com infraestrutura de melhor qualidade e nível superior de serviços”. O CEO da Iata comparou as taxas do aeroporto de Guarulhos e de Madri, dizendo que no aeroporto brasileiro elas são 124% superiores às praticadas no aeroporto espanhol. Em relação ao aeroporto de Miami, as taxas de Guarulhos são 93% mais caras, segundo Tyler.

Para ele, o modelo de concessão de aeroportos tem conflito de interesses, uma vez que o governo é o principal acionista na empresa que faz as concessões e, também, o regulador do setor.

Fonte: www.panrotas.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s