Demanda de aéreo doméstico cresce 6,2% em agosto

A demanda do transporte aéreo doméstico de passageiros (passageiros-quilômetros pagos transportados – RPK*) cresceu 6,72% em agosto, em relação ao mesmo mês do ano passado. Já a oferta (assentos-quilômetros oferecidos – ASK**), aumentou 0,6% no mesmo período. O resultado da oferta interrompe a série de crescimento superior a 10% para o mês de agosto, verificada nos cinco anos imediatamente anteriores (13,44%, 19,22%, 19,69% e 10,10% e 21,86% em agosto/2011, 2010, 2009, 2008 e 2007, respectivamente).

A demanda acumulada janeiro a agosto cresceu 7,26%, em relação ao mesmo período de 2011. A oferta subiu 6,51%. No mercado do transporte aéreo internacional de passageiros, a demanda das empresas aéreas brasileiras teve redução de 2,65% em agosto de 2012, comparada ao mesmo mês de 2011. A oferta registrou queda de 3,77% no mesmo período. No acumulado de janeiro a agosto de 2012, houve crescimento da demanda em 0,18%, enquanto a oferta registrou redução de 2,05% quando comparada com o mesmo período de 2011.

Entre as seis empresas que apresentaram participação no mercado doméstico superior a 1% (em RPK), Avianca e Trip destacaram-se com as maiores taxas de crescimento da demanda em agosto de 2012 quando comparadas com o mesmo mês de 2011, da ordem de 53,12% e 45,77%, respectivamente. O Grupo Tam, que reúne as operações das empresas Tam Linhas Aéreas e Pantanal Linhas Aéreas,  teve crescimento de 12,58% na demanda doméstica de agosto de 2012, quando comparado com o mesmo mês do ano anterior, e redução de 2,02% na demanda internacional. No mesmo período, a empresa aérea Gol registrou redução de 6,32% na demanda doméstica e ampliação de 4,60% na demanda internacional.

Market Share

A participação no mercado doméstico das empresas de menor porte cresceu 11,7% em agosto de 2012.  Com esse aumento o market share dessas empresas passou de 22,7% em agosto de 2011 para 25,3% no mesmo período deste ano. Entre as 6 empresas que apresentaram participação no mercado doméstico superior a 1% (passageiros-quilômetros pagos transportados – RPK), Avianca e Trip registraram o maior crescimento na participação de mercado em agosto de 2012 quando comparada com o mesmo mês de 2011, tendo passado de 3,56% para 5,10% (crescimento de 43,47%) e de 3,43% para 4,69% (crescimento de 36,58%), respectivamente.

Grupo Tam e Gol lideraram o mercado doméstico em agosto de 2012 com participação (em RPK) de 40,55% e de 34,14%, respectivamente. O Grupo Tam aumentou sua participação de mercado em 5,5% no comparativo de agosto de 2012 e agosto de 2011, tendo passado de 38,45% para 40,55%. Já a Gol teve reduzida em 12,2% a sua participação no mesmo período, tendo passado de 38,89% para 34,14%. No acumulado do período de janeiro a agosto de 2012, a participação das líderes alcançou 74%, sendo 40,08% para o Grupo Tam e 33,93% para a Gol.

Os líderes do mercado doméstico, Tam e Gol, representaram a totalidade das operações de empresas brasileiras no transporte aéreo internacional de passageiros em agosto de 2012. O Grupo Tam, com 89,83%, e Gol, com 10,17%. O Grupo Tam registrou um aumento de 0,65% na sua participação no mercado internacional de agosto de 2012 em relação ao mesmo mês de 2011. Já a participação da Gol apresentou crescimento 7,45% no mesmo período.

Taxa de Ocupação

A taxa de ocupação dos voos domésticos de passageiros (RPK/ASK) alcançou 72,83% em agosto de 2012, contra 68,65% no mesmo mês de 2011, o que representou uma recuperação de 6,09%. No período de janeiro a agosto de 2012, a taxa manteve-se praticamente estável se comparada ao mesmo período de 2011, passando de 71,08% em 2011 para 71,58% em 2012.

Nos voos internacionais de passageiros operados por empresas brasileiras (RPK/ASK), a taxa de ocupação alcançou 79,03% em agosto de 2012, contra 78,12% do mesmo mês de 2011, representando uma variação positiva de 1,17%. O melhor aproveitamento em agosto de 2012 foi alcançado pelo Grupo Tam, com 81,36%, enquanto que o desempenho da GOL foi de 63,06%.

Entre as seis empresas que apresentaram participação no mercado doméstico superior a 1% (em RPK), as maiores taxas de ocupação em agosto de 2012 foram alcançadas por Azul e Avianca, com 75,14% e 74,57%, respectivamente.

Fonte: http://www.mercadoeeventos.com.br

Avianca e Aeroméxico iniciam Código Compartilhado

Boeing 737-800 da AeroMexico

Teve início, em 4/06, o acordo de Código Compartilhado da Avianca e Aeroméxico, ampliando as opções de conectividade para os viajantes das duas companhias. Na primeira fase do acordo, os viajantes que partem da capital mexicana via Aeroméxico podem se conectar com código compartilhado de Bogotá via Avianca com Armênia, Barranquilla, Bucaramanga, Cali, Cartagena, Medellín e Pereira.

Já os passageiros que chegam nos voos Avianca à Cidade do México podem se conectar, em código compartilhado, via Aeroméxico com Acapulco, Cancún, Guadalajara, León, Mérida, Monterrey, Puerto Vallarta, Tijuana, Veracruz e Villahermosa.

O acordo inclui a venda de bilhetes aéreos entre Bogotá e México D.F. pela Avianca ou pela Aeroméxico, em qualquer dos pontos de venda das companhias aéreas. Um só bilhete de avião será suficiente para trajetos de ambas as companhias.

“A operação em Código Compartilhado com a Aeroméxico está em linha com a estratégia de crescimento da rede de rotas e melhoramento contínuo da oferta de serviço que traçamos na companhia aérea. Este acordo nos permite oferecer aos viajantes a possibilidade de chegar a novos pontos no país asteca, ao mesmo tempo em que fortalecemos a presença da AviancaTaca na região centro-norte do continente”, disse Fabio Villegas Ramírez, presidente executivo da AviancaTaca.

Nos próximos meses, será possível também que os usuários dos programas de fidelidade LifeMiles da Avianca e Clube Premier da Aeroméxico, possam resgatar seus Quilômetros em rotas operadas por ambas as empresas.

Fonte: www.mercadoeeventos.com.br

Avianca-Taca com promoção nos voos Brasil-EUA

Airbus A330-200 da Avianca

Avianca e Taca estão oferecendo tarifas muito boas para Miami e Nova York a partir de diversas cidades brasileiras. É possível encontrar passagens de ida e volta com preços a partir de R$ 1.261. Além da tarifa baixa, a promoção vale para viagens de agosto de 2012 até o mês de março de 2013, perfeito para quem gosta de se planejar e comprar com antecedência.

Encontramos bons trechos saindo de Brasília, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo. As passagens promocionais, dependendo da rota e da data podem ser pela Taca, Avianca ou por ambas (combo). Ainda de acordo com a companhia, os voos fazem conexão em Lima (Taca) ou Bogotá (Avianca).

Em nossas pesquisas verificamos que há opções para vários meses, mas não encontramos para dezembro ou janeiro – ainda sim se você pretende viajar nesta época vale fazer sua pesquisa, pois como não se trata de uma promoção oficial das companhias, não há regras definidas e pode ser que haja algum voo promocional que não tenhamos visto.

Também não sabemos até quando as companhias vão manter esses valores, portanto se encontrar algo que seja do seu interesse é importante garantir as reservas antes que os preços mudem. Os links  abaixo direcionam para a página de venda, onde você pode alterar datas, cidades e número de passageiros. Vale lembrar que os preços se referem apenas à passagem e não inclui taxas como as de embarque, que varia os aeroportos escolhidos. Você também pode fazer as pesquisas nos sites das companhias aéreas.

Confira alguns preços da promoção:

Brasília – Miami R$ 1304 (ida+volta) Combo

Brasília – Nova Iorque R$ 1463 (ida+volta) Combo

Porto Alegre – Miami R$ 1261 (ida+volta) TACA

Porto Alegre – Nova Iorque R$ 1363 (ida+volta) TACA

Rio de Janeiro – Miami R$ 1363 (ida+volta) Avianca

Rio de Janeiro – Nova Iorque R$ 1573 (ida+volta) Avianca

São Paulo – Miami R$ 1424 (ida+volta) TACA

São Paulo – Nova Iorque R$ 1424 (ida+volta) Avianca

Fonte: http://www.melhoresdestinos.com.br/passagens-aereas-estados-unidos-2012-2013.html

 

 

Por que a Avianca ainda prefere o voo solo no Brasil?

 

Avianca Brasil | Fokker 100 @ SBGR

A fusão anunciada no início desta semana entre Azul e Trip nada deve atrapalhar os planos da Avianca no mercado brasileiro. A companhia, que figurava como a quarta maior desse setor antes da união das duas empresas, vai continuar com a mesma posição e com quase 5% de market share no país.

De acordo com especialistas consultados por EXAME.com, as rotas operadas pela Azul e Trip não colidem com os caminhos por onde passam os aviões da Avianca. “Trata-se de uma companhia que hoje incomoda, ou é incomodada, pelas principais do setor, a TAM e GOL, principalmente no trecho Rio – São Paulo”, afirmou Richard Lucht, diretor da pós-graduação da ESPM SUL e vinculado ao ITA.

O fato de a companhia ser uma das únicas a não ter anunciado recentemente nenhuma aquisição ou fusão que possa fortalecer as operações por aqui não significa que a Avianca deve ficar ofuscada diante das demais companhias. “Pelo contrário, a Avianca é uma das empresas que mais crescem de maneira consistente no país”, disse Mauro Martins, especialista do setor de aviação.

Segundo ele, é importante lembrar que mesmo com uma operação pequena no Brasil, a Avianca está vinculada a um dos maiores grupos de aviação da América Sul, a Taca e figura como uma das mais importantes em outros países da região. “A operação da Avianca no Brasil é importante, mas não a principal”, afirmou Martins.

Mesmo assim, a companhia vem crescendo, ainda que a passos curtos, no mercado brasileiro e roubando mercado das duas principais desse setor. Segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), nos últimos 12 meses, a companhia foi uma das mais cresceu em oferta de assento, taxa de ocupação e participação de mercado.

Em abril de 2011, a Avianca tinha pouco mais que 2,6% de participação no mercado de aviação comercial no país. No mesmo mês deste ano, o número saltou para 4,98%. Já a taxa de ocupação é uma das maiores entre as companhias aéreas, mais de 80%. Para se ter uma ideia, as taxas de ocupação da TAM e GOL giram em torno de 70%.

Diferenciação

Mesmo pequena diante das principais desse setor, a Avianca se destaca entre as demais por oferecer serviços de bordo diferenciados e viagens mais confortáveis aos passageiros, uma vez que seus assentos são maiores e mais espaçosos, segundo os especialistas. “É esse diferencial que vem fazendo com que a Avianca avance, principalmente porque seus preços são também competitivos”, afirmou Mauro.

Ela até pode não figurar como uma das maiores do setor no país, mas é uma das únicas que ainda oferece lanche quente em suas viagens, por exemplo.Segundo Lucht, outro fator que vem colaborando para o crescimento da Avianca no mercado brasileiro é a renovação da frota. Em março, a companhia anunciou um investimento de 4 bilhões de dólares para a compra de 50 novas aeronaves para o Brasil nos próximos cinco anos. “Com aviões novos, a companhia pode ter mais oferta de assentos usando o mesmo slot”, disse.

Crescimento orgânico

Os planos de continuar a crescer organicamente no país fazem sentido, afirma Martins. Para ele, a estratégia da companhia é saudável e pode continuar a render bons resultados. “Até mesmo porque, hoje, as opções da Avianca comprar alguém ou firmar alguma parceria no Brasil estão escassas por aqui”, disse o especialista.

Enquanto boa parte das companhias está fazendo grandes operações para se consolidar no mercado de aviação no Brasil, a ambição da Avianca é um pouco menor e mais pé no chão, de acordo com os especialistas. Algo que, segundo eles, deve incomodar mais as grandes, do que a recém-criada Azul Trip. Ou ser incomodada por ela.

Fonte: Exame

Promoção Dia das Mães Avianca: passagens a partir de R$ 45 para voar em maio

 

Fokker 100 da Avianca Brasil @ SBGR

A Avianca Brasil está com uma promoção de passagens para comemorar o dia das mães com preços a partir de R$ 45 o trecho. As passagens podem ser compradas até a próxima segunda-feira, dia 7 de maio, para viagens de 6 a 20 de maio de 2012. Os preços não são arrasadores, mas pode ser uma boa oportunidade para quem planeja viajar nesses dias.

O menor preço da promoção é para bilhetes entre as cidades de Recife e Natal, que podem ser encontrados por R$ 45 o trecho. Há também opções entre Brasília e Belo Horizonte por R$ 59 ou Porto Alegre a São Paulo por R$ 75. Os mesmos preços não incluem as taxas der embarque.

Recife – Natal R$ 45

Natal – Recife R$ 75

Brasília – Belo Horizonte R$ 59

Belo Horizonte – Brasília R$ 59

Porto Alegre – São Paulo R$ 75

São Paulo – Porto Alegre R$ 75

Ilhéus – Salvador R$ 85

Salvador – Ilhéus R$ 85

Fortaleza – Juazeiro do Norte R$ 79

Juazeiro do Norte – Fortaleza R$ 99

Rio de Janeiro – Salvador R$ 109

São Paulo – Florianópolis R$ 109

Florianópolis – São Paulo R$ 109

Antes de comprar as passagens, vale conferir os preços das outras companhias, que  podem oferecer preços menores. Vale considerar, porém, que a Avianca Brasil oferece talvez o melhor serviço de bordo e entretenimento entre todas as companhias domésticas do Brasil, especialmente em seus modernos jatos Airbus. A ressalva fica por conta dos Fokker-100, que apesar de bem espaçosos são antigos. Ainda assim certamente vale optar por ela se o preço  estiver similar ao da TAM ou da GOL, que não oferecem o mesmo padrão de conforto.

Fonte: http://www.melhoresdestinos.com.br/promocao-avianca-maes.html

Crianças voam de graça na Avianca em maio

 

Avianca Brasil | Airbus A318 @ SBGR

Para comemorar o dia das Mães, a Avianca não cobrará tarifa de crianças de dois até 12 anos, desde que acompanhadas de um adulto. A promoção é válida para qualquer um dos 22 destinos cobertos pela malha aérea da companhia. “A maior alegria das mães é estar junto aos seus filhos e, atendendo a esse desejo primordial das mulheres, fortalecemos a relação com nossos clientes”, afirma o vice-presidente comercial e de Marketing da companhia, Tarcísio Gargioni.

A promoção é válida para passagens com emissão entre 26 de abril, a partir das 20h, e 2 de maio, até as 9h. O embarque pode ser feito durante todo o mês de maio. Mais informações sobre as condições da promoção: www.avianca.com.br .

Fonte: www.panrotas.com.br