Lan Peru inaugura moderna Base de Manutenção em Lima

 

LAN | Boeing 767-300ER @ SBGR

Nesta quarta-feira, dia 25, com o objetivo de expandir suas operações nesse país, a Lan Peru inaugurou  uma nova Base de Manutenção, localizada no Aeroporto Internacional Jorge Chávez. A construção e a implementação do novo recinto absorveram investimentos de mais de US$ 10 milhões.

A nova base incorpora tecnologia de ponta para a manutenção de aeronaves, colocando o Peru ao lado de países que se encontram na vanguarda, neste campo. Está situada em um terreno de 13.500 m2, sendo 3 mil m2 de oficinas; 9 mil m2 de plataforma e 1.500 m2 de escritórios. Atuarão na nova base 300 mecânicos que foram especialmente capacitados e estão habilitados para fazer a manutenção nos Airbus da família A320 (inclusive o Airbus A319) e nos Boeing 767.

A cerimônia de inauguração aconteceu no novo hangar e contou com a participação de diversas personalidades do setor aeronáutico e de transportes, assim como dos principais executivos da empresa.

Segundo Jorge Vilches, gerente geral da Lan Peru, “esta obra é mais um exemplo do compromisso e da confiança que a LAN tem com o desenvolvimento e o crescimento do país”. De acordo com Vilches, no ano passado a companhia investiu US$ 660 milhões na compra de oito novas aeronaves e, nos próximos cinco anos, outros US$ 50 milhões serão empregados para que o Peru possa formar pilotos, tripulações e mecânicos no moderno Centro de Instrução Técnica (CIT), que será inaugurado no segundo semestre deste ano.

Fonte: www.mercadoeeventos.com.br

Anúncios

Tam MRO é nova integrante da rede de manutenção da Airbus

 

A Tam MRO, unidade de negócios de MRO (Maintenance, Repair and Overhaul), é a nova integrante da Rede de MRO da Airbus. O anúncio foi feito ontem (04/04) em Dallas, Texas (EUA), em uma das maiores conferências internacionais do setor: a MRO Américas. Atualmente, a Tam MRO já realiza serviços de manutenção para as famílias Airbus A320 e A330/A340, mas o acordo a certifica como prestador de serviços reconhecido e referenciado pela fabricante de aeronaves.

“Estamos muito orgulhosos pela confiança que a Airbus demonstrou em nosso trabalho ao nos incluir em sua rede de MRO”, afirma Luiz Gustavo Silva, diretor-executivo da Tam MRO. “Estamos confiantes que a associação à organização nos ajudará a conquistar novos negócios junto a companhias aéreas que operam aeronaves da Airbus”.

A Rede de MRO da Airbus é formada por 18 fornecedores credenciados, localizados em diversos países, todos com experiência em manutenção de alta qualidade para as aeronaves da fabricante.  Desde a formação da rede, há sete anos, a Airbus trabalhou com empresas de manutenção aeronáutica do mundo inteiro para estabelecer referencias de eficiência em manutenção e satisfação dos clientes.

“É com grande prazer que recebemos a Tam MRO como integrante da Rede de MRO da Airbus”, diz Didier Lux, vice-presidente executivo de serviços ao cliente da Airbus. “A Tam MRO é experiente na manutenção de aeronaves Airbus, não apenas para a Tam Linhas Aéreas, mas também para outras operadoras. Sua associação aumenta a cobertura da Rede de MRO da Airbus na América do Sul”, finaliza.

Fonte: www.mercadoeeventos.com.br

Tam MRO recebe certificação da Anac para fazer manutenção em ATR-72

ATR-72

O Tam MRO, unidade de negócios de MRO (Maintenance, Repair and Overhaul) da Tam, acaba de ser certificado pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para prestar serviços de manutenção em aeronaves ATR-72 com matrícula brasileira e seus componentes. A autorização permite à empresa ampliar sua oferta a terceiros e atender novos clientes. Desde julho de 2010, o Tam MRO estava certificado para o atendimento de aeronaves ATR-42.

“O Brasil tem operadoras com significativas frotas dessas aeronaves francesas. Agora, elas podem contar integralmente com os nossos serviços de inspeção de rotina”, afirma Luiz Gustavo Figueiredo, diretor-executivo do Tam MRO.

A nova certificação da Anac autoriza o Tam MRO a realizar diversos procedimentos de manutenção em ATR-72. Entre eles, os destaques são a instalação e remoção de motores, hélices e trens de pouso, além de ações corretivas. Pela agência brasileira, a unidade já estava autorizada a atender aeronaves Airbus (A318 / A319 / A320 / A321 / A330), Boeing (767), Fokker (Fokker100) e ATR (ATR-42) com matrícula brasileira.

Atualmente, a unidade trabalha para expandir seu atendimento a clientes externos. O objetivo é crescer, em média, 20% por ano até 2016, aumentando a receita com serviços prestados a terceiros, que hoje correspondem a 18% de seu faturamento total. A meta é elevar essa participação a mais de 40% até 2016.

Em 2011, o Tam MRO realizou 135 checks e quase 145 mil reparos de componentes. O número de checks é 19,7% superior ao obtido em 2010. No último ano, na mesma base de comparação, o atendimento a terceiros cresceu 57,1% (em número de checks realizados) e 20,4% (em número de reparos de componentes).

Fonte: http://www.mercadoeeventos.com.br/site/contents/ver/82357

TAM MRO apresenta novidades com a contratação de novo diretor executivo

Airbus A330 da TAM

A Tam MRO (Maintenance, Repair and Overhaul), em São Carlos (SP), apresenta o novo diretor executivo Luiz Gustavo Silva. Há dois meses na empresa, Silva pretende aprimorar processos e fazer a unidade de São Carlos (SP) crescer 20% ao ano até 2016. “Nosso maior foco é a América Latina. São Carlos é a maior unidade com 460 hectares de área e 1.473 funcionários diretos e indiretos. Com grande aprimoramento em rentabilidade e excelência em segurança, acredito que alcançaremos o nosso objetivo”, ressalta.

Com a chegada do novo diretor a Tam MRO, que antes se reportava à Tam Linhas Aéreas, agora passa a responder diretamente à holding Tam S/A e visa o investimento em infraestrutura. “Temos quatro hangares disponíveis em São Carlos e nosso maior prioridade é construir mais quatro para 2012 com um investimento de R$50 milhões”, afirma.

Quanto aos checks, em 2010 a Tam MRO fechou com 131 checks de aeronave e 97.763 reparos de componentes. De acordo com Silva, houve um crescimento considerável. “Hoje existe um crescimento de 15% em relação a clientes externos e o objetivo para 2016 é chegar a 50%. Estamos investindo para aumentar a pista de 1,7 mil metros para 500 metros e acredito que precisamos ser imbatíveis em termo de custo e aumento de produtividade”, exemplifica.

Segundo Silva, o grande desafio é aumentar o lucro junto a mão-de-obra e, no primeiro trimestre de 2012, São Carlos terá serviço internacional. “Somos o 2° pólo de aviação do Brasil e só na estrutura que temos, investimos R$200 milhões. Para 2012, teremos mais 250 colaboradores e realizamos um acordo com o Senai para treinamento dessa mão-de-obra”, finaliza.

Fonte: www.mercadoeeventos.com.br

TAM e Senai-SP formam técnicos em manutenção de aeronaves em São Carlos

 

A Tam e o Senai-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) formalizaram na manhã de hoje (23), em São Carlos (SP), um protocolo de intenções para reabrir o Curso Técnico de Manutenção de Aeronaves na cidade. É a terceira tentativa de convênio entre as duas partespara oferecer o curso. Assinam o documento o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Senai-SP, Paulo Skaf, o diretor-executivo do TAM MRO, Luiz Gustavo Silva, e o vice-presidente de Operações e Manutenção da TAM, Ruy Amparo.

O curso gratuito terá duas turmas de 32 alunos cada: uma em janeiro, e outra, em julho de 2012. O processo seletivo para os candidatos interessados será feito pelo Senai-SP. A carga horária, de 1.760 horas, se divide em quatro semestres, e estão previstas no conteúdo programático as disciplinas de desenho técnico de aeronaves, aerodinâmica, eletricidade, inglês técnico, regulamentações básicas, instrumentos e estrutura aeronáutica, sistemas, inspeção, procedimento de pista, entre outras.

A iniciativa está alinhada com a consolidação da região de São Carlos como polo tecnológico aeronáutico. A cidade atualmente abriga o Centro Tecnológico do Tam MRO, a unidade de negócios de manutenção da Tam. A companhia aérea colaborará oferecendo material para as aulas práticas e vagas de estágio para alunos a serem selecionados, com prioridade para contratação.

“Esta é uma iniciativa importante para oferecer oportunidades e assegurar a formação de profissionais qualificados para o setor de aviação, que deve continuar crescendo no Brasil pelo menos até o fim da década”, destaca Luiz Gustavo Silva.

Fonte: www.mercadoeeventos.com.br

Pluna desenvolve Centro Regional de Manutenção Bombardier

CRJ-900 da Pluna

A companhia aérea uruguaia Pluna inovou mais uma vez para atender outras companhias aéreas no Centro Regional de Manutenção Bombardier, que funciona no Aeroporto de Carrasco, em Montevidéu (Uruguai). Recentemente uma aeronave canadense da companhia argentina Andes começou a ser atendida pelos técnicos da Pluna, que são especializados na manutenção de aeronaves dos modelos CRJ da Bombardier, os mesmos utilizados em sua frota.

Trata-se de uma atividade chamada Inspeção Boroscópica de Motor, que consiste em uma inspeção detalhada da principal área do motor. A Pluna utiliza instrumentos sofisticados que foram adquiridos recentemente para o Centro Regional de Manutenção Bombardier, em Montevidéu. A companhia Andes, que conta duas aeronaves Bombardier, voou da Argentina para o Uruguai para realizar este trabalho exclusivamente com a Pluna.

A área de manutenção da Pluna tem desenvolvido serviços a terceiros e já encerrou uma atividade de capacitação na frota CRJ 700/900 para técnicos da companhia venezuelana Conviasa, que possui quatro unidades Bombardier. Os instrutores especializados da Pluna ministraram o curso que durou quatro semanas no Aeroporto de Maiquetía, na Venezuela.

Além disso, dentro desta área de especialização, a Pluna firmou recentemente com a empresa MTU Mantenimiento de Berlín-Brandenburgo contrato, de aproximadamente 20 milhões de euros, até dezembro de 2017 para manutenção de motores General Electric de sua frota de aviões CRJ da Bombardier.

Fonte: http://www.aviacaobrasil.com.br/wp/noticias/pluna-desenvolve-centro-regional-de-manutencao-bombardier

Gol inaugura oficina de freios em Confins

Boeing 737 da Gol

A Gol recebeu a homologação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para inaugurar uma oficina de freios em seu Centro de Manutenção, em Confins (MG). A expectativa da empresa é que, até o final deste ano, a oficina consiga atender a demanda de 140 unidades por mês – número que deve aumentar gradativamente com a expansão da capacidade da oficina.

Vinte colaboradores fazem parte do quadro de funcionários que realizarão reparos e revisão parcial e geral, nos freios das aeronaves da frota combinada Gol e Varig. “Nosso objetivo é aprimorar cada vez mais os serviços realizados e diminuir o tempo que as peças ficam fora de operação, agilizando, dessa forma, todo o processo de manutenção”, comentou Adalberto Bogsan, vice-presidente técnico da Gol.

Fonte: www.mercadoeeventos.com.br